ÁREA DO ASSOCIADO

12/04/2019

ARTIGO- Uma cidade que representa o desenvolvimento regional

São 164 anos de muito trabalho, desenvolvimento e amor por esta terra que nos enche de orgulho todos os dias



por Emílio Angella Neto*

O mês de abril é momento de celebração para nossa Botucatu. Os botucatuenses comemoram mais do que uma simples emancipação político-administrativa. A festa tem significados maiores. Os sinais de otimismo tem se verificado pelas ruas, com obras e a vontade de se construir uma nova Cidade.

Os números oficiais mostram a perspectiva positiva na recuperação econômica de Botucatu. Após anos sentindo o reflexo da recessão econômica que assolou o país, fechamos o último ano com a criação de 2.700 vagas de trabalho, conforme dados apresentados pelo Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados, ferramenta oficial do Ministério da Economia. São mais de 36.100 empregos com carteira assinada registrados no município. Sinais direto do aquecimento de nossa atividade econômica, onde nos tornamos a segunda cidade com mais de 100 mil habitantes que mais gerou oportunidades no ano passado. O nível de emprego é importante fator de uma retomada de atividade empresarial.  

Este otimismo também é verificado em outras pesquisas pelos mais diversos institutos, como a Urban System. No início deste ano, Botucatu foi classificada como uma das cinquenta melhores cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes para se investir e empreender. Foram avaliados aspectos como desenvolvimento econômico, infraestrutura, capital humano, desenvolvimento social e serve de embasamento parâmetro para a qualificação de um determinado mercado, sintetizando variedade de informações populacionais, comerciais, urbanísticas, econômicas e infraestruturais. O município foi destaque em três quesitos: capital humano, infraestrutura e desenvolvimento social.

São indicadores importantes para ressaltar a retomada do crescimento de nossa cidade. Para manter isso, precisamos ter união entre a classe empresarial e o Poder Público. Parcerias são essenciais tanto para manter a qualificação da mão-de-obra quanto para a adoção de políticas de incentivo e fomento às novas empresas e também para que as existentes possam ampliar seu leque de atuação.

A revitalização da Amando de Barros, principal corredor comercial de Botucatu, cuja segunda etapa foi realizada em meados do ano passado, representa a preocupação em oferecer maior conforto aos botucatuenses na hora de fazer as compras. E, claro, se recupera toda a estrutura de uma das mais antigas ruas da Cidade. É a preservação da História aliada com a perspectiva do moderno. Claro que é um exemplo de êxito em incentivo comercial, que deve ser ampliado para outras regiões como a Rua Major Matheus, as avenidas Dom Lúcio, Dante Delmanto, Leonardo Villas Boas, Conde de Serra Negra, entre tantas outras.

São muitos os motivos que nos orgulham deste novo momento que Botucatu atravessa. A Associação Comercial e Empresarial de Botucatu (ACEB) é parceira em iniciativas de fomento empresarial e não podemos deixar de frisar o empenho que está sendo empregado para a implantação da Junta Comercial do Estado de São Paulo, a Jucesp. Por meio deste escritório regional- que será implantado em parceria com a Prefeitura-, o lojista terá maior agilidade para a abertura e todos os trâmites burocráticos de seu empreendimento comercial. A Câmara Municipal foi sensível desta necessidade, aprovando a instalação nas dependências da ACEB. Também devemos reconhecer todo o esforço que o deputado estadual Fernando Cury desempenhou neste processo. É uma conquista que presenteará, não somente Botucatu, mas toda a região.

São 164 anos de muito trabalho, desenvolvimento e amor por esta terra que nos enche de orgulho todos os dias. Botucatu representa mais do que a terra dos bons ares e boas escolas. É o lugar também de boas pessoas e das grandes oportunidades. Parabéns, Botucatu!

Emílio Angella Neto é presidente da Associação Comercial e Empresarial de Botucatu.


voltar