ÁREA DO ASSOCIADO

03/11/2020

ACEB firma parceria com a CBMAC

ACEB firma parceria com a CBMAC e associados agora contam com uma Câmara de Arbitragem. Essa parceria visa criar uma alternativa extrajudicial para contribuir na construção de relações harmônicas.



 

A Associação Comercial de Botucatu estabeleceu uma parceria com a Câmara Botucatuense de Mediação, Arbitragem e Conciliação. As Câmaras de Arbitragem são usadas e difundidas no mundo inteiro. Essa parceria visa criar uma alternativa extrajudicial para contribuir na construção de relações harmônicas. Além dos associados, os agregados à eles (empregados, familiares, etc.) também poderão usufruir dessa parceria.

A CBMAC, Câmara Botucatuense de Mediação, Arbitragem e Conciliação, atua, nacional e internacionalmente, atendendo pessoas físicas e jurídicas (públicas ou privadas). Visando solucionar questões judiciais (processos em andamento) ou extrajudiciais (pré processuais), através de métodos adequados de solução de conflitos. A Câmara é composta por conciliadores cadastrados no Tribunal de Justiça de São Paulo – TJ/SP, que atuam de forma ética e imparcial, com um serviço personalizado e individual. Objetivando resolver os conflitos de maneira eficaz, rápida e profissional. Com segurança, responsabilidade e os profissionais mais qualificados do mercado, são capazes de solucionar os mais diversos tipos de processos com excelência.

O que é Conciliação?

A Conciliação pode ser mais indicada quando há uma identificação evidente do problema. Em casos como esse, os problemas são a verdadeira razão do conflito, e não a falta de comunicação entre as partes divergentes. Diferentemente do mediador, o conciliador tem a prerrogativa de sugerir uma solução. Essa polarização exige uma intervenção direta do conciliador, que propõe opções justas para ambas as partes e de como esse acordo será cumprido.

O que é Mediação?

É uma solução extrajudicial de conflitos. É um processo confidencial e voluntário. Nele, o Mediador escolhido promove o ambiente e a busca de uma solução criativa e efetiva para o conflito entre as partes. É diferente da Arbitragem e da Jurisdição Estatal, em que a decisão caberá sempre a um terceiro. A Mediação mantém o poder decisório com as próprias partes conflitantes e presa por manter a continuidade da relação entre todos.

O que é Arbitragem?

No Processo Arbitral, as partes têm autonomia para definir praticamente todos os detalhes. A quantidade e o nome dos árbitros, o local em que se dará o processo, os procedimentos e as regras a serem usadas. Também decidem se será uma arbitragem de Direito ou de Equidade, e em que idioma se desenvolverão os trabalhos. O Processo Arbitral é mais complexo que a Mediação, mas ainda assim, é bem mais simples que o Processo Judicial. Por lei, a decisão deve sair em no máximo seis meses do início do processo. A decisão Arbitral tem valor de sentença e deve ser cumprida.

Vantagens da Mediação Judicial e Conciliação

  • As pessoas resolvem as questões em conjunto e todos saem ganhando;
  • É mais rápida do que o processo normal, pois não precisa de produção de provas;
  • Prazo máximo de 30 dias;
  • O acordo é homologado por um juiz de direito, por isso tem força de decisão judicial;
  • Sem custas processuais e sem recolhimento de guias;
  • Os conciliadores e mediadores são capacitados pelo Tribunal de Justiça de São Paulo – TJSP.

Quais conflitos podem ser resolvidos com a mediação judicial e conciliação?

Quase todos os tipos de questões podem ser solucionados, tais como:

  • Pensão alimentícia, guarda de filhos e divórcio;
  • Acidente de trânsito;
  • Dívidas com instituições bancárias;
  • Questões de vizinhança
  • Questões relacionadas a concessionárias de água, luz e telefone;
  • Questões relacionadas a serviços (dívidas com estabelecimentos comerciais e de ensino, dentro outros);
  • Questões sobre direito do consumidor;
  • Questões de medicamentos;
  • Questões condominiais;
  • Questões empresariais;
  • Questões trabalhistas.

Quem pode conciliar?

Qualquer pessoa ou empresa pode buscar a solução de um conflito pela conciliação. Havendo concordância as pessoas conversam com o auxílio de um conciliador ou mediador na busca de um acordo que atenda aos interesses de ambos.

Como conciliar?

Se já existe um processo em andamento sobre a questão que pretende resolver, informe ao seu advogado que quer conciliar. Ele peticionará ao juiz solicitando que o processo seja encaminhado para a Câmara de Arbitragem.

Se ainda não há processo, entre em contato com a Câmara e agende uma sessão.

 

Quer resolver um caso?

Entre em contato conosco agora mesmo.

Telefone: (14) 99745-3045 / 99847-6572

E-mai: contato@camaracbmac.com.br

Endereço: Avenida Dr. Vital Brasil, 1060, sala 302 – Jardim Bom Pastor – Botucatu/SP

*Desconto de até 40% para associados.

 


voltar